Notícias

17/10/2023

Escola de Comunicação Digital da FGV realiza estudo sobre o mercado de Creator Economy, que engloba produtores de conteúdo na internet

Setor gera mais de 300 mil empregos e movimentou, desde 2011, mais de R$30 bilhões, segundo o levantamento

Influencers, criadores ou produtores de conteúdo das plataformas digitais. Os nomes podem variar, mas todos fazem parte da chamada Creator Economy, área que nasceu junto com as redes sociais e que, apesar de jovem, já vem impactando a economia, gerando renda e emprego. Atualmente, esse ecossistema movimenta US$250 bilhões e esse número pode chegar a US$480 bilhões nos próximos quatro anos, segundo uma pesquisa da Goldman Sachs Research. 

O Brasil é um dos países com maior número de criadores e influenciadores digitais, aproximadamente 20 milhões, de acordo com dados da Factworks for Meta presentes no relatório de Macrotendências da Creator Economy da YOUPIX.  

Foi tentando entender e mensurar essa área, que afeta consumidores e produtores de conteúdo todos os dias, que a Escola de Comunicação, Mídia e Informação da Fundação Getulio Vargas (FGV ECMI) realizou o estudo “Impacto socioeconômico dos negócios digitais da Creator Economy no Brasil”, em parceria com a plataforma Hotmart. 

“A expectativa é de que o mercado em torno desses atores cresça. Isso traz benefícios econômicos, com geração de mais emprego e renda, por exemplo” explica Beatriz Pinheiro, professora da FGV ECMI e coordenadora do estudo. 

 

Área movimenta mais de R$ 30 bilhões desde 2011

E os números da pesquisa realizada com seus clientes confirmam que este é um mercado expressivo e que deve continuar crescendo nos próximos anos: são mais de 300 mil trabalhos, diretos e indiretos gerados pelos criadores de conteúdo que vendem produtos digitais na Hotmart. 

“Há um contingente enorme de pessoas produzindo esses conteúdos que nós consumimos nas redes o tempo todo, o que representa um mercado para os comunicólogos muito promissor e ascendente. A graduação em Comunicação Digital busca exatamente conhecer como ele funciona, suas particularidades e seus desafios para preparar profissionais qualificados e que possam trabalhar nesse mercado”, afirma a professora Beatriz Pinheiro.

O valor total de vendas (GMV, na sigla em inglês) dos criadores de conteúdo na Hotmart ultrapassou, em nível mundial, 30 bilhões de reais, considerando o volume de vendas desde 2011. 

 

ícone PDFAcesse o estudo completo

 

 

As manifestações expressas por integrantes dos quadros da Fundação Getulio Vargas, nas quais constem a sua identificação como tais, em artigos e entrevistas publicados nos meios de comunicação em geral, representam exclusivamente as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da FGV. Portaria FGV Nº19/2018.

Esse site usa cookies

Nosso website coleta informações do seu dispositivo e da sua navegação e utiliza tecnologias como cookies para armazená-las e permitir funcionalidades como: melhorar o funcionamento técnico das páginas, mensurar a audiência do website e oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações, acesse o nosso Aviso de Cookies e o nosso Aviso de Privacidade.